Planos econômicos

Maria Asperti: STF deve rejeitar acordo de bancos sobre planos econômicos

Embora o julgamento dos planos econômicos pelo Supremo Tribunal Federal esteja suspenso, fala-se em uma tentativa dos bancos de engatilhar um “acordo” sobre o tema. A proposta suscita teses jurídicas diversas para fundamentar a revisão apenas de poupadores que se enquadrem em situações específic...

30 dias atrás | Consultor Jurídico | Internet

STF decide em breve futuro das ações sobre perdas causadas por planos econômicos

Expurgos das poupanças durante planos Cruzado, Bresser, Collor I e Collor II movimentam magistrados, governo, bancos e consumidores em torno de julgamento que está parado no tribunal Brasília – O julgamento, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), dos recursos referentes aos expurgos de antigos planos econômicos nas contas de poupança de cidadãos brasileiros terá dias importantes [...]

1 mês atrás | Cascavilha - Quem procura acha | Sociedade

Planos econômicos: STJ adia julgamento sobre redução de juros

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) adiou o julgamento do processo que pode reduzir em ? o valor que os bancos terão de pagar a poupadores no caso das perdas da poupança alegadamente causadas pelos planos econômicos Verão, Bresser e Collor 1 e 2. A decisão era prevista para esta quarta-feira (12) e, agora, não tem data para ocorrer.O adiamento ocorreu porque três dos dez ministros da 2ª Seção, onde ocorreria o julgamento, não poderiam participar.  Dois ministros – João Otávio de [...]

1 mês atrás | Dra Cristina Siliprandi Giordani | Internet

STF adia julgamento sobre perdas com planos econômicos

O Supremo Tribunal Federal (STF) adiou o julgamento das ações sobre perdas de rendimento de cadernetas de poupança por causa de planos econômicos das décadas de 80 e 90 do século passado. A questão voltaria a ser debatida na semana que vem, mas as sessões dos dias 26 e 27 foram destinadas aos recursos dos […]

1 mês atrás | RS Noticias | Negócios

Poupança: Bancos tentam fatiar ação contra planos econômicos

"Certos de que têm poucas chances de vitória no julgamento da correção da poupança nos planos econômicos dos anos 80 e 90, os bancos vão tentar convencer o Supremo Tribunal Federal (STF) a julgar cada um dos planos em separado. O julgamento, interrompido em novembro, será retomado em fevereiro e, caso seja determinada a correção reivindicada em cada um dos quatro planos, os bancos terão de arcar com um pagamento aos poupadores estimado em R$ 150 bilhões.LEIA MAIS...

2 meses atrás | Blog do Guara | Entretenimento

Ranking de Notícias: Julgamento de planos econômicos no STF foi destaque

Nesta semana o Supremo Tribunal Federal deu continuidade ao julgamento dos processos que tratam dos expurgos inflacionários em cadernetas de poupança decorrentes dos planos econômicos dos anos 80 e 90. O STF decidiu dividir o julgamento em duas etapas: primeiro ouvir as sutentações orais — que já...

4 meses atrás | Consultor Jurídico | Internet

Três ministros se declararam impedidos no julgamento sobre planos econômicos

No ano que vem, quando for julgar as ações que questionam o índice de correção das cadernetas de poupança devido aos planos econômicos, o STF contará somente com oito de seus 11 ministros - quórum mínimo para deliberar sobre questões constitucionais.O ministro Luiz Fux se declarou impedido pois sua filha trabalha no escritório do advogado Sergio Bermudes, que atua na defesa dos bancos numa das ações.Luís Roberto Barroso também está impedido pois, quando era advogado, atuou em favor de [...]

4 meses atrás | Contexto Político | Política

Perda na poupança pode exigir tributo, ameaça governo

O advogado-geral de União Luís Inácio Adams sinalizou ontem que, se os bancos tiverem de ressarcir os poupadores por perdas na caderneta com os planos econômicos dos anos 1980 e 1990, o governo poderá recorrer à criação de contribuição específica para cobrir os prejuízos.Ele citou como comparação a contribuição criada, em 2001, para pagar correções do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) decorrentes de planos econômicos."Evidentemente a União terá que agir para garantir a suste [...]

4 meses atrás | Contexto Político | Política

STF e os Planos econômicos. Os números verdadeiros - Os bancos: Terroristas Econômicos

Reportagens recentemente veiculadas, com os Bancos como fonte única, indicam que o julgamento pelo Supremo dos planos econômicos, no próximo dia 27 de novembro, poderá gerar um rombo de 150 bilhões. Haveria risco de crise do próprio sistema financeiro. Os Bancos querem convencer o STF a partir deste terrorismo econômico, reconhecendo que a questão jurídica não lhes favorece (há vinte anos todos os tribunais, STF incluído, vêm reconhecendo o direito dos poupadores). Ocorre que os dados [...]

4 meses atrás | Disso Você Sabia | Sociedade

STF e os Planos econômicos. Os números verdadeiros - Os bancos: Terroristas Econômicos

“STF e os Planos econômicos. Os números verdadeiros” Reportagens recentemente veiculadas, com os Bancos como fonte única, indicam que o julgamento pelo Supremo dos planos econômicos, no próximo dia 27 de novembro, poderá gerar um rombo de 150 bilhões. Haveria risco de crise do próprio sistema financeiro. Os Bancos querem convencer o STF a partir deste terrorismo econômico, reconhecendo que a questão jurídica não lhes favorece (há vinte anos todos os tribunais, STF incluído, vêm re [...]

4 meses atrás | A Nova Ordem Mundial | Internet

EBC - Anulação de planos econômicos compromete política monetária, diz procurador do BC - Justiça

Início --> Anulação de planos econômicos compromete política monetária, diz procurador do BC 28/11/2013 - 17h38 Justiça Da Agência Brasil Brasília – O Supremo Tribunal Federal (STF) encerrou hoje (27) a fase de debates do julgamento das ações sobre perdas no rendimento das cadernetas de poupança por causa dos planos econômicos Cruzado (1986), Bresser (1998), Verão (1989), Collor 1 (1990) e Collor 2 (1991). Durante a sessão, o procurador do Banco Central, Isaac Sidney Menezes Ferreira, [...]

4 meses atrás | Estudando o Direito | Lei

Contribuinte arcará com consequências dos planos econômicos, diz Adams

A nova rodada de sustentações orais no Supremo Tribunal Federal, no caso dos expurgos inflacionários em cadernetas de poupança decorrentes dos planos econômicos dos anos 80 e 90, reiterou a briga de opiniões sobre se o sistema vai quebrar ou não. Nesta quinta-feira (28/11) foram feitas as sustent...

4 meses atrás | Consultor Jurídico | Internet

Supremo julgará processos sobre planos econômicos com quórum mínimo

Com os impedimentos de ministros do Supremo Tribunal Federal, o julgamento dos expurgos inflacionários em cadernetas de poupança decorrentes dos planos econômicos dos anos 80 e 90 será feito com apenas oito julgadores. Os ministros Luiz Fux, Cármen Lúcia e Luis Roberto Barroso estão impedidos de ...

4 meses atrás | Consultor Jurídico | Internet

EBC - Supremo adia conclusão do julgamento sobre perdas com planos econômicos - Justiça

Início --> Supremo adia conclusão do julgamento sobre perdas com planos econômicos 27/11/2013 - 15h42 Justiça André Richter Repórter da Agência Brasil Brasília – O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (27) que o voto dos ministros no julgamento das ações sobre perdas no rendimento de cadernetas de poupança por causa de planos econômicos será proferido somente em fevereiro do ano que vem. Os ministros decidiram, porém, iniciar o julgamento, para que as partes envolvid [...]

4 meses atrás | Estudando o Direito | Lei

Atrasar julgamento dos planos econômicos beneficia bancos, dizem poupadores

Se os ministros do Supremo Tribunal Federal querem adiar o julgamento dos processos que tratam dos planos econômicos para fevereiro de 2014, os bancos querem jogar a questão ainda mais para frente. É que prescreve no primeiro trimestre do ano que vem o prazo para que particulares se habilitem par...

4 meses atrás | Consultor Jurídico | Internet

Ainda, o calote dos bancos nos poupadores.

TweetTerrorismo de números Para poupadores, bancos exageram impacto de planos econômicos Do CONJUR, Por Pedro Canário Passado o clima tenso que se abateu sobre os ministros do Supremo Tribunal Federal durante o julgamento da Ação Penal 470, os processos relacionados aos planos econômicos dos anos 80 e 90 trouxeram insegurança à corte. É que até [...]

4 meses atrás | Blog do Sarafa | Política

Bancos podem pagar R$ 8,4 bilhões com defasagem de planos econômicos, diz Idec

Daniel Lima da Agência Brasil - Brasília – É R$ 8,465 bilhões o montante a ser pago pelos bancos aos poupadores caso o Supremo Tribunal Federal (STF) decida que cabe ao sistema bancário arcar com as perdas de rendimento sofridas pelos aplicadores na caderneta de poupança durante os planos econômicos Bresser (1998), Verão (1989) e Collor 2 (1991).LEIA MAIS...

4 meses atrás | Blog do Guara | Entretenimento

Bancos podem pagar R$ 8,4 bilhões com defasagem de planos econômicos, diz Idec

É de R$ 8,465 bilhões o montante a ser pago pelos bancos aos poupadores caso o Supremo Tribunal Federal (STF) decida que cabe ao sistema bancário arcar com as perdas de rendimento sofridas pelos aplicadores na caderneta de poupança durante os planos econômicos Bresser (1998), Verão (1989) e Collor 2 (1991). O cálculo foi feito […]

4 meses atrás | Blog de Alvinho Patriota | Política

Ministros pedem que julgamento sobre planos econômicos seja adiado

Embora esteja na pauta para começar esta semana, o julgamento dos planos econômicos — que vai decidir se os poupadores que entraram na Justiça têm direito a reembolso da correção — pode ficar para o ano que vem. Pelo menos cinco ministros acham que o presidente do Supremo Tribunal Federal, minist...

4 meses atrás | Consultor Jurídico | Internet

STF, Atentado dos Bancos e planos econômicos Bresser, Verão, Collor 1 e Collor 2

Defensores dos correntistas rebatem a catástrofe financeira anunciada pelo BC e o governo se o Supremo decidir pela correção dos planos econômicos na quarta-feira.A longa batalha jurídica entre bancos e poupadores pode chegar ao fim na próxima quarta-feira (27). Em decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF) deve  bater o martelo sobre a revisão das correções da poupança pelos planos econômicos Bresser, Verão, Collor 1 e Collor 2. Mas há risco de o julgamento ser adiado po [...]

4 meses atrás | FOLHA DE PARANATINGA MATO GROSSO-BRASIL | Internet