Padre é morto a tiros em Humberto de Campos

Padre é morto a tiros em Humberto de Campos: "De O Estado Maranhão:Morros – O padre Bernardo Muniz Rabelo Amaral, de 28 anos, foi vítima de um latrocínio (assalto seguido de morte) na tarde de sábado, durante um latrocínio entre os povoados Mutum e Quebra Anzol, no município de Humberto de Campos. O padre era natural de Morros, mas trabalhava como vigário paroquial da Paróquia de São José do Periá, em Humberto de Campos. O autor do crime foi identificado como Fabrício.O crime aconteceu [...]

22/11/2010 | comentando os fatos | Pessoal | humberto de campos

Postagens Relacionadas

Padre Bernardo é assassinado em Humberto de Campos

Padre Bernardo é assassinado em Humberto de Campos: " Um crime chocou a cidade de Humberto de Campos (distante 132 km de Chapadinha). Na tarde de sábado, dia 20, o padre recém-formado Bernardo Muniz Rabelo Amaral, de 28 anos, foi assassinado por Fabrício Araújo Furtado, de 20 anos, conhecido como “Tubica”, durante um assalto. O latrocínio aconteceu por volta das 14h, na BR-402, próximo ao povoado Quebra Anzol. Segundo informações da delegada que investiga o crime, Lilian Maria Parussol [...]

22/11/2010 | comentando os fatos | humberto de campos

Ordenado há menos de três meses, padre é morto durante assalto no Maranhão

Ordenado padre há dois meses e 15 dias, Bernardo Muniz Amaral, de 28 anos, morreu assassinado na tarde de sábado na cidade de Humberto de Campos, distante cerca de 120 km de São Luís. O padre foi vítima de um latrocínio. Por volta das 15h, padre Bernardo foi atingido com dois tiros, um no pescoço e um no tórax, entre os povoados Mutum e Quebra Anzol, por um homem já identificado. Depois de atirar no padre, o suspeito levou o veículo que religioso dirigia, uma S-10, mais R$ 400 e um apa [...]

22/11/2010 | GAUCHÃ O | padre

Padre é assassinado em Humberto de Campos

Foi assassinado na tarde de ontem, 20, por volta das 17h, no município de Humberto de Campos, o padre Bernardo Muniz Rabelo Amaral, 28 anos. O suspeito, identificado como Fabrício, pediu carona ao padre que se dirigia ao povoado Achuí. No meio do caminho, o suspeito anunciou assalto e, ainda assim, alvejou o padre com 3 tiros. Devido a gravidade dos ferimentos o padre Bernardo não resistiu e

22/11/2010 | O Vianense Noticias! | humberto de campos