Os peixes choram?

Me acordei hoje e fui admirar o céu. Disse alto, com o mesmo tom grave da canção, "AS NUVENS NEGRAS CHORAM".Então descobri que não só elas choravam, mas também as folhas, as pedra, o telhado e até memo a atmosfera parecia chorar. Tudo estava em um pranto sincronizado.E passei a olhar para mim mesma. Também chorava. Era um pranto compulsivo, quase uma explosão decontrolada dentro de mim. Adoro dias de chuva, adoro o céu cinzendo.Adoro sair por aí pisando em poças d'água e molhando o cal [...]

14/04/2011 | Não Me Peçam Razões | Arte & Cultura | dentro de mim

Postagens Relacionadas

Frejat – Homem Não Chora

Homem não chora Nem por dor Nem por amor E antes que eu me esqueça Nunca me passou pela cabeça Lhe pedir perdão E só porque eu estou aqui Ajoelhado no chão Com o coração na mão Não quer dizer Que tudo mudou Que o tempo parou Que você ganhou Meu rosto vermelho e molhado É só dos olhos pra fora Todo mundo sabe Que homem não chora Esse meu rosto vermelho e molhado É só dos olhos pra fora Todo mundo sabe Que homem não chora Homem não chora Nem por ter Nem por perder Lágrimas são água Caem [...]

14/04/2011 | Blog da Nany Maciel | homem

De todo amor - Autor(JandeilsonBezerra)

Enquanto o pranto é ainda dorsigo chorando a mágoa de seraquilo que não sou.Enquanto é pranto o meu amorque Leia mais...

14/04/2011 | Jandeilson Bezerra | pranto

Relato de um dia triste

Adicionar legendaHoje eu chorei.Chorei uma chuva torrencial que inundou meus olhos.Chorei minha alma em lágrima quente.Chorei por sofrer, por sonhar, por perder...Chorei por ser fraca.Chorei por chorar.Talvez tenha chorado o desespero de não ter porque chorar,por quem chorar.Mergulhei fundo no poço dentro de mim.poço que me engoliu,ruminou-me,deglutiu-me.Humilhou-me!J ogou na cara o que tento esconder.Mostrou o pequeno de mimque sou grande.Hoje chorei, mas nem sei por quê.Como se ri sem [...]

14/04/2011 | Cantinho_da_Sophie | chorei

Chove lá fora e aqui dentro

Chuva chora lá fora caindo no meu chãoInundando o meu único meio sem fimDentro de mim num tolo coraçãoForte força do meu último simQue se tornou nãoEm um desmanchado e agora seco jardimChuva chora transbordando ribeirãoE molhando o seu retratoDo meu quarto finjo não vê-la entãoFuja para longe do meu ladoPara eu cantar uma cançãoQue sinto vergonha de já ter cantadoChuva chora lá fora caindo de nuvens negrasCarniceira e pesada da tempestadeQue cai no meu verso que não quero que leiaDistr [...]

14/04/2011 | Renan Barreto Online | lá fora

AGORA É A HORA

Hora Grave Rainer Maria Rilke (1875-1926) Quem agora chora em algum lugar do mundo,Sem razão chora no mundo,Chora por mim.Quem agora ri em algum lugar na noite,Sem razão ri dentro da noite,Ri-se de mim.Quem agora caminha em algum lugar no mundo,Sem razão caminha no mundo,Vem a mim.Quem agora morre em algum lugar no mundo,Sem razão morre no mundo,Olha para mim.(Tradução: Paulo Plínio Abreu)

14/04/2011 | Não nas nuvens | algum lugar